MULTIPLICIDADE_ENSAIO-34

Quasi-Orquestra estreia projeto inédito do Festival Multiplicidade no próximo dia 07

Uma orquestra em que os músicos abandonam o palco e vão se espalhando pelo prédio do Oi Futuro Flamengo. Assim é a Quasi-Orquestra, projeto inédito do Festival Multiplicidade, que abre no próximo dia 07.

Vinte músicos da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal, Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica da UFRJ e Orquestra Sinfônica Nacional irão tocar a Sinfonia de Haydn, “A Despedida”, criando uma peça musical que atravessa os vazios do espaço. A inspiração da Quasi-Orquestra é a própria música da sinfonia. Quando ela foi apresentada primeira vez, Haydn também fez com que os músicos fossem parando de tocar, como uma forma de protesto em busca de melhores salários. No Multiplicidade, quem organiza a turma é a violoncelista Gretel Paganini, que também foi responsável pelos “Concertos pela Democracia” no OCUPA MINC.

MULTIPLICIDADE_ENSAIO-34

MULTIPLICIDADE_ENSAIO-41

MULTIPLICIDADE_Quasi Orquestra

Se você gostou desse post deixe seu comentário abaixo ou compartilhe. Nos ajude a divulgar a Cultura Clássica.