Sabe como funciona um concerto clássico?

Um concerto clássico tem uma estrutura que para quem esta chegando e conhecendo a música clássica pode ser enigmático. Vejamos, as vezes um movimento de uma obra diz “allegro”, “andante”, “adagio”, etc, e não sabemos bem ao que se refere com tudo isso. Vamos ao estudo.

Um concerto, e para explicar de forma rápida, geralmente é uma “conversa” entre o instrumento solista e a orquestra. Assim nos temos concertos para piano e orquestra, violino e orquestra, ou como vimos no post recente do concerto de Aranjuez, temos concertos para violão e orquestra. Em fim, sempre tem um instrumento solista e uma orquestra “dialogando”.

Concerto. Fonte: wikipedia

Um concerto clássico em geral tem três movimentos sendo dois rápidos e um lento, geralmente o lento é o segundo movimento, aonde se desenvolve a obra, este segundo movimento é chamado de “adagio“, “andante“, “largo“, etc. O último é sempre movimentado para finalizar a obra e é chamado de “allegro” que também tem varias formas, uma delas o minueto que é uma forma de dança de passos curtos ou miúdos (dai minueto) muito popular na corte francesa do Rei Luis XIV.

Bom, tem como aprofundar mais neste tema mais para começar esta de bom tamanho. Espero que tenha sido útil.