Concerto de Brandenburgo No2, uma obra ousada de Bach.

NGD_25bach3

Por incrível que pareça, eu comecei a gostar de Bach por esta peça, o Concerto de Brandenburgo No2. Ele me chamou muito a atenção porque o instrumento solista deste concerto é a trombeta. Certo dia estava escutando esta peça e recebi a visita de um amigo que tocava a trombeta, ele escutou a obra em silêncio, logo que terminou ele exclamou “mais que pulmões que tem esse cara!” 😉

Claro, é que tocar trombeta não é nada fácil, exige certo preparo para não cair desmaiado. Esta peça de Bach, ousada por incluir instrumentos que não eram convencionais na época, exige que o trompetista seja realmente muito bom.

Bach escreveu um conjunto de 6 obras que compõem os concertos de Brandenburgo, chamados assim porque foram dedicados ao margrave de Brandenburg-Schwedt. Margrave era um título nobiliário do antigo império Sacro-Germánico e que depois daria origem ao Marques, cuja tarefa era guardar as fronteiras do reino ou “Marcas”. Eram sempre nobres guerreiros.

Estes concertos ficaram arquivados ate 1850, sendo que foram compostos por Bach por volta do ano 1720. São uma amostra do estilo barroco por excelência.